facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Anacom obriga operadores a baixar preços ou deixar rescindir contratos sem custos

A Anacom vai obrigar a Meo, Nos, Vodafone e Nowo (a antiga Cabovisão) a deixar terminar sem penalizações milhares de contratos ou, em alternativa, a repor as condições que os seus clientes tinham antes de lhes terem sido aumentados os preços dos serviços de uma forma que o regulador diz ter sido ilegal.

telemoveis

Noticia completa aqui.

in Público | 24-07-2017

 

Relacionado: Lei n.º 15/2016, de 17 de junho

 

Também com interesse
Cooperativa na Hora via net a partir de hoje
As cooperativas já podem ser criadas no próprio dia, sem deslocações aos serviços de Finanças e da Segurança Social, segundo o novo regime da Cooperativa na Hora, que entra hoje, 1 de Julho, em vigor.
 Aberta a caça à multa? Governo quer mais receitas com infracções nas estradas
Executivo quer garantir mais um milhão e meio de euros com as infracções ao Código da Estrada, segundo o Orçamento Rectificativo.
83 inquéritos criminais por violação do segredo de justiça instaurados em 2011 e 2012
Oitenta e três inquéritos criminais foram instaurados por violação do segredo de justiça num universo de 6.696 casos abrangidos pelo segredo nos anos de 2011 e 2012, em que foram movimentados mais de 1,3 milhões de processos.
 Finanças começam hoje a emitir prova de carência aos inquilinos
Rendas já podem ser actualizadas. Inquilinos terão de pagar as rendas actualizadas com retroactivos.
Bancos ameaçados com corte até 60% no valor dos imóveis
O Banco de Portugal ameaça reduzir entre 15% e 60% o valor dos imóveis em carteira nos bancos caso estes não procedam a uma reavaliação do valor desses imóveis.
Professores dos quadros obrigatoriamente com horário completo
Os professores dos quadros têm obrigatoriamente que ter o horário completo no próximo ano letivo, de acordo com o despacho normativo divulgado terça-feira, que também define o conjunto de atividades contabilizadas como componente letiva.
 Quase 300 crianças à espera de quem as adopte
Existem 1.087 crianças destinadas à adopção. Quase 300 não encontram famílias, 27 estão na lista, à espera, há mais de 6 anos.
Governo aprova acesso do Fisco a contas bancárias
Os bancos vão passar a reportar os saldos das contas de portugueses de valor superior a 50 mil euros. Diploma foi hoje aprovado.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro