facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Governo admite ponderar custos do acesso à Justiça

O novo bastonário da Ordem dos Advogados defendeu "uma diminuição acentuada das custas judiciais". A ministra da Justiça disse estar aberta a discutir a questão.

min justica

Noticia completa aqui.

in Diário de Noticias | 18-01-2017

 

Também com interesse
Brasil abre porta a engenheiros e arquitectos portugueses
Durante a visita a Portugal, Dilma Rousseff afirmou que quer ampliar os investimentos no país. Os dois governos assinaram um memorando que prevê o reconhecimento dos diplomas entre os dois países.
Cavaco veta aumento dos descontos para ADSE, SAD e ADM
O Presidente da República informou hoje que vetou o diploma que altera o valor dos descontos dos funcionários públicos, militares e forças de segurança para os respectivos subsistemas de saúde, ADSE, ADM e SAD.
Provedor de Justiça confronta Fisco com controvérsias das rendas
José de Faria Costa quer saber por que razão não podem os inquilinos pedir a revisão do valor patrimonial tributário dos imóveis.
Fisco cria linha telefónica para acompanhar reembolso do IRS
O fisco lançou uma linha telefónica de atendimento automatizado que permite verificar o estado em que se encontra o reembolso do IRS. E do IVA.
Governo e Bloco querem limitar renovações no trabalho temporário
A medida vai avançar, mas ainda falta definir o limite. O Governo e o Bloco criaram um grupo de trabalho para combater a precariedade e esta é uma das propostas, avança esta segunda-feira o Negócios.
Maioria obriga bancos a acabar com
Dificuldades impostas por bancos no acesso ao seguro de vida são ultrapassadas com as novas regras definidas no diploma da maioria.
Parlamento debate combate ao assédio no trabalho
PCP, PS, BE e PN criaram os quatro projetos de lei que vão esta quinta-feira a debate no parlamento.
Bastonária dos advogados quer debate maior sobre a organização do mapa judiciário
A bastonária da Ordem dos Advogados, Elina Fraga, salientou nesta sexta-feira, em Coimbra, que a discussão do novo mapa judiciário, já aprovado em Conselho de Ministros, se deve recentrar na sua organização e não apenas no encerramento de trib

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro