facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Animais devem deixar de ser "coisas" no Código Civil

van dunem

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, defendeu hoje a mudança da qualificação jurídica dos animais, considerados "coisas" no Código Civil de Lisboa, para uma definição intermédia "entre a coisa e o ser humano".

Noticia completa aqui.

in Diário de Noticias | 12-04-2016

Também com interesse
Vinte tribunais reabertos tiveram 11 julgamentos em janeiro e fevereiro
Os vinte tribunais que reabriram portas em janeiro, depois de o governo ter aprovado a reativação das circunscrições extintas pela reforma do mapa judiciário de 2014, levaram a cabo onze julgamentos em janeiro e fev
Empresas com dívidas de IRC não recebem reembolso do IVA
Existem, neste momento, 25 mil empresas que ainda não receberam o reembolso do IVA por não estarem a cumprir as regras.
Famílias poderão entregar benefício fiscal do IVA a IPSS já este ano
A alteração ao Estatuto dos Benefícios Fiscais foi publicada esta segunda-feira em Diário da República e tem efeitos retroactivos a 1 de Janeiro de 2013.
Autorizada a abertura de cursos de formação para juízes e procuradores
Segundo o despacho assinado pela ministra Francisca Van Dunem, a que o SOL teve acesso, foram abertas mais de cem vagas, sendo que 28 ficam para os juízes e 56 para os magistrados no Ministério Público. Já para os ju&iac
Imóveis de valor mais elevado vão pagar taxa progressiva de IMI
Segundo o Jornal de Negócios, o imposto de selo deverá ser substituído por uma taxa progressiva de IMI a aplicar sobre o valor de todos os imóveis. Medida deve avançar no próximo orçamento.
CNPD adverte para
A possibilidade de desvio para "finalidades estranhas" de dados pessoais de portugueses levou a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) a recomendar uma revisão da redação da proposta de regulamento de
 Empresas contestam proposta de lei da cópia privada
Equipamentos que reproduzem música e vídeo, como leitores de MP3, discos rígidos e "pens" USB, podem ficar mais caros.
Formação Aplicada - CRIMINALIDADE ECONÓMICO-FINANCEIRA
O curso visa aperfeiçoar a perceção dos problemas inerentes aos crimes contra a economia nas vertentes criminológica, jurídico-normativa, criminalística e político-criminal.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro