facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Gabriela Figueiredo Dias vai ser nova presidente da CMVM

Gabriela Figueiredo Dias vai ser a nova presidente da CMVM. A actual vice-presidente do regulador da bolsa vai substituir Carlos Tavares que já tinha terminado o mandato há cerca de um ano, confirmou ao Negócios fonte do Ministério das Finanças.

cmvm

Noticia completa aqui.

in Jornal de Negócios | 13-10-2016

Também com interesse
Cavaco dá luz verde ao novo corte nas pensões
Cavaco Silva promulgou o Orçamento Rectificativo para 2014, documento que incluiu a nova versão da contribuição extraordinária de solidariedade (CES).
Mais de 69 mil pessoas perderam direito ao RSI num ano
Mais de 68 mil pessoas perderam o direito ao Rendimento Social de Inserção em junho, face ao mês homólogo de 2012, situando-se nos 271.302 beneficiários, segundo dados do Instituto da Segurança Socia.
Justiça preconceituosa. O que se passa com Portugal?
Um recente relatório das Nações Unidas afirma que as decisões judiciais em Portugal são marcadas por preconceitos. E os exemplos estão à vista, mais recentemente no julgamento do ex-ministro Ant&oacu
Número de pais que gozam licença parental facultativa duplicou em dez anos
Homens optam por somar mais dez dias aos 15 de licença obrigatória. Em 2005, eram 30%. Em 2015, duplicou: foram 62,6%.
Maioria aprova alterações à legislação sobre arrendamentos
A maioria aprovou hoje, em votação final global, as alterações à legislação sobre arrendamento urbano, rendas condicionadas e arrendamento apoiado, rejeitando todas as propostas de alteração por parte da oposição, no Parlamento.
Balanço do Simplex +:
A ministra da Presidência tem mais medidas de simplificação, na calha. Maria Manuel Leitão Marques garantiu, na Manhã TSF, que nenhuma medida pode dificultar a vida dos cidadãos.
Auditoria deteta 113 casos de acumulação irregular de salário com pensão no Estado
Inspeção-Geral de Finanças detetou 113 casos de acumulação irregular de reformas com salário no Estado, que levaram ao pagamento indevido de 900 mil euros.
Comerciantes surpreendidos com Imposto de Selo nos cartões
Em dezembro, a Redunicre começou a cobrar aos comerciantes uma taxa sobre as comissões nos pagamentos com cartões. O imposto ficou aprovado no Orçamento do Estado para 2016.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro