facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Gabriela Figueiredo Dias vai ser nova presidente da CMVM

Gabriela Figueiredo Dias vai ser a nova presidente da CMVM. A actual vice-presidente do regulador da bolsa vai substituir Carlos Tavares que já tinha terminado o mandato há cerca de um ano, confirmou ao Negócios fonte do Ministério das Finanças.

cmvm

Noticia completa aqui.

in Jornal de Negócios | 13-10-2016

Também com interesse
Anacom obriga operadores a baixar preços ou deixar rescindir contratos sem custos
A Anacom vai obrigar a Meo, Nos, Vodafone e Nowo (a antiga Cabovisão) a deixar terminar sem penalizações milhares de contratos ou, em alternativa, a repor as condições que os seus clientes tinham antes de lhes terem
Novo mapa judiciário obriga juízes a cumprir metas
Com a entrada em vigor do novo mapa judiciário serão definidas metas que os juízes e magistrados dos tribunais de primeira instância deverão cumprir para ter uma boa avaliação. Segundo o Diário de Notícias, tenta-se assim acabar com a morosi
 Maus tratos a crianças estão a aumentar
Há cerca de 20 anos que os dados não eram tão graves. Em alguns hospitais, os casos detetados no primeiro semestre estão perto ou já ultrapassaram o total de casos do ano passado.
Ordem dos Advogados apoia direitos humanos em Angola
A Ordem dos Advogados recebe ativistas angolanos e oferece apoio a advogado de Cabinda.
PGR cria equipa especializada para o crime económico
Procuradora pediu a Amadeu Guerra que reestruturasse DCIAP e director propõe especialização e divisão em equipas. Corrupção vai ter “redobrada atenção” e ‘task force’ de 21 procuradores.
Suspeitas de escutas na Justiça merecem
Na sequência da afirmação da ministra da Justiça, que admitiu que fala ao telefone "como se fosse um gravador", o juiz Moura Lopes sugere que os serviços secretos façam um “varrimento geral ao sistema de comunicações”, escreve o Expresso.
Condições de voto dos portugueses no estrangeiro pioraram
As condições de voto dos portugueses residentes no estrangeiro têm piorado nos últimos anos, afirmou na terça-feira o politólogo André Freire, que defendeu uma modernização do sistema e a
1,2 milhões em ajustes directos para multas
Quase cinco milhões de euros é quanto a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) vai investir em outsourcing para assegurar a gestão dos processos de contra-ordenação - um serviço prestado até sexta-feira exclusivamente pela Univer

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro