facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Plano 'Justiça + próxima' prevê duplicar medidas este ano

O plano "Justiça + Próxima", que pretende agilizar os processos e diminuir as pendências, prevê este ano duplicar o número de medidas aplicadas, segundo o Programa Nacional de Reformas (PNR), enviado ao Conselho Económico e Social.

justica

Noticia completa aqui.

in Sapo 24 | 11-04-2017

 

Também com interesse
IMI: furo na lei impede cobrança de €57 milhões a emigrantes e estrangeiros
Os agregados cujos imóveis tenham um valor patrimonial tributário até 66.500 euros e rendimentos brutos anuais até 15.295 euros estão, por lei, isentos de pagar o IMI. Emigrantes e estrangeiros a residir em Portug
Fisco trava venda de casas penhoradas
O fisco decidiu desativar o mecanismo informático de venda de casas penhoradas por dívidas fiscais e colocou nas mãos dos chefes das repartições de Finanças a decisão sobre o desfecho destas penhoras.
Regras para controlar contribuintes de elevado rendimento vão mudar
As pessoas singulares com 750 mil euros de rendimentos anuais ou cinco milhões de euros de património vão estar na mira do Fisco.
Governo cria grupo de trabalho para avaliar apoio judiciário
Grupo de trabalho foi criado com o objetivo de analisar o sistema de apoio judiciário de acesso ao direito e aos tribunais. Pretende-se avalias o nível da qualidade e eficácia dos serviços prestados.
Governo quer eleitores bem informados sobre locais de voto
Secretário de Estado da Administração Interna considera que os eleitores devem saber qual o local exacto onde votam em tempo útil. Para tal, é importante a colaboração das Câmaras Municipais.
Comissão de Proteção de Dados diz não a lei das secretas
Dar mais poderes às secretas é a proposta do PSD e CDS, mas a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) rejeita a lei.
Cantinas e refeitórios públicos com opção vegetariana a partir de junho
As cantinas e refeitórios públicos estão a partir de junho obrigados a oferecer todos os dias pelo menos uma opção de comida vegetariana nas suas ementas, segundo o Diário da República.
Comissão Europeia abre processo a Portugal por atraso nos pagamentos na saúde
Portugal excluiu o sector da saúde da aplicação de uma directiva europeia que obriga as entidades públicas a pagar dívidas até um máximo de 60 dias. Agora, vai enfrentar um procedimento de infracção, escreve hoje o i.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro