facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Senhorios têm de pagar para deixar de ter alojamento local

Senhorios que tenham um imóvel com um regime fiscal de alojamento local poderão ter de pagar mais-valias caso mudem o estatuto. A Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP) e juristas, consultados pelo DN / Dinheiro Vivo, pedem uma simplificação de regime fiscal, sendo que existiam 8.147 registos de alojamentos locais, apenas em Lisboa, segundo noticia esta segunda-feira o diário.

predio habitacao

Noticia completa aqui.

in Jornal Económico | 12-06-2017

 

Também com interesse
Recibos Verdes: Se quer mudar de escalão, só tem mais uma semana
Os trabalhadores independentes estão prestes a ficar sem oportunidade de alterar o nível de descontos deste ano. Tome atenção e não deixe passar o prazo.
Processadas 17 empresas por perseguirem trabalhadores
Autoridades registaram mais dois casos de assédio moral do que em 2015. Nos últimos dois anos houve 20 processos em tribunal.
Idosos obrigados a sair de casa perdem isenção de IMI
Uma alteração à Lei prevista na proposta de Orçamento do Estado para 2016 obriga a que os proprietários tenham a residência fiscal nos prédios para manterem o direito ao benefício fiscal.
Ir ao centro de saúde à noite deixa de ser mais caro
A partir desta quinta-feira, 26 de Novembro, deixa de ser preciso pagar 10,30 euros pelo atendimento nos centros de Saúde depois das 20 horas. Como a qualquer hora do dia, a taxa moderadora será de cinco euros.
Portugal tem 22 casos pré-contenciosos por atraso na transposição de diretivas comunitárias
Portugal tem 22 situações pré-contenciosas levantadas pela Comissão Europeia por atrasos na transposição de diretivas comunitárias para a legislação nacional, mas não há qua
Governo quer impor mobilidade na Função Pública ainda este ano
Cláusula que protege a maioria dos trabalhadores do Estado de novas formas de despedimento, e que o Governo queria revogar, será mantida. Governo descarta mudanças no processo disciplinar.
Um terço das pulseiras eletrónicas são por violência doméstica
Quase 250 agressores em casos de violência doméstica tinham pulseira eletrónica em junho, representando cerca de um terço do total dos arguidos sujeitos a este sistema de vigilância eletrónica, segundo a Direção Geral de Reinserção e Servi
Sindicato dos Magistrados pede 100 novos procuradores. Governo diz que não
Para evitar “rutura de quadros nos próximos anos”, o sindicato do Ministério Público pediu a criação de uma centena de novos procuradores. Mas o Governo esclarece que o Centro Estudos Judiciários

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro