facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Marcelo promulga identificação judiciária por impressões judiciais e fotografia

O Presidente da República promulgou hoje o diploma do parlamento que regula a identificação judiciária lofoscópica (impressões digitais e outras) e fotográfica destinada à prevenção e investigação criminal.

justica

Noticia completa aqui.

in Diário de Noticias | 25-07-2017

 

Com interesse: Lei da identificação criminal - Lei n.º 37/2015, de 5 de maio

 

Também com interesse
Perderam-se 95 mil empregos entre criação e encerramento de empresas
Renovação do tecido empresarial português não chega para recuperar postos de trabalho perdidos. Novos negócios geraram menos 4200 milhões de receitas e recuaram a níveis anteriores a 2004.
Crime económico com taxa de acusação de 29%
A taxa de acusação na área da criminalidade económica, no distrito judicial de Lisboa, foi de 29 por cento em 2013, segundo o relatório de atividades da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).
Deco: 30 mil famílias sobre-endividadas pediram ajuda em 2016
Das 29.530 famílias que tiveram de pedir auxílio à Deco devido a sobre-endividamento, apenas três mil conseguiram reestruturar as dívidas.
Nova proposta sobre subvenções parlamentares pode ser ilegal
Projecto de lei subscrito por todos os partidos atribui fiscalização das contas das bancadas ao Tribunal Constitucional.
Fisco ganha luta contra sigilo bancário e passa a ter acesso às contas
A Autoridade Tributária ganhou a batalha no Supremo Tribunal Administrativo para levantar o sigilo bancário em casos de discrepâncias entre os rendimentos declarados no IRS e os ganhos com juros de depósitos bancário
Estado: 96,2% dos contratos em 2012 por ajuste directo
Os ajustes diretos representaram 96,2% dos 115.064 contratos celebrados em 2012 e reportados ao portal BASE e mais de metade do valor total dos contratos, que totalizou 3,5 mil milhões de euros.
Propostas novas regras para a gestão de condomínios
O Governo quer alterar a lei para garantir mais segurança e mais estabilidade aos clientes de empresas de administração de condomínios.
Ministra da Justiça quer mais pulseiras eletrónicas, juízes preferem prisão preventiva
Para Francisca Van Dunem, devia haver cada vez menos reclusos nas cadeias. Sempre que fosse possível aplicar medidas que não viessem embargar o sistema prisional do Estado, esse seria o caminho a seguir. O problema da sobrelotaç&

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro