facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Marcelo promulga identificação judiciária por impressões judiciais e fotografia

O Presidente da República promulgou hoje o diploma do parlamento que regula a identificação judiciária lofoscópica (impressões digitais e outras) e fotográfica destinada à prevenção e investigação criminal.

justica

Noticia completa aqui.

in Diário de Noticias | 25-07-2017

 

Com interesse: Lei da identificação criminal - Lei n.º 37/2015, de 5 de maio

 

Também com interesse
Inquilinos começam a receber certidões de carência económica a partir de 2ª-feira
Os serviços das finanças vão emitir, a partir de segunda-feira, as certidões do rendimento anual bruto corrigido (RABC), que fixam limites nas rendas de casas, na sequência da publicação esta semana da portaria correspondente, informou a tutel
Falha de comunicação entre tribunais permite que abusador mantenha guarda da criança
A grande maioria dos processos-crime, incluindo de abusos sexuais de menores, não é comunicada aos Tribunais de Família e Menores, permitindo que a guarda da criança possa continuar com o alegado abusador, denuncia a Ass
Candidato a bastonário promete baixar quotas dos advogados
Guilherme Figueiredo apresentou esta terça-feira candidatura a bastonário, no Porto. Na sessão estiveram presentes vários pesos pesados da advocacia, alguns integram a lista.
O recém-eleito bastonário da Ordem dos Advogados esteve esta noite de quinta-feira em entrevista na SIC Notícias, onde falou sobre as suas prioridades imediatas.
Portal da queixa recebeu 13 mil reclamações desde o início do ano
Empresas de telecomunicações, como a Meo e a NOS, e a Segurança Social lideram queixas dos consumidores registados na plataforma.
 Informação nutricional nos rótulos passa a ser obrigatória
A medida entra em vigor hoje. As embalagens de produtos alimentares têm de conter todos os dados nutricionais e a lista de ingredientes completa. Nutricionistas aplaudem a medida.
Lei que acaba com cortes salariais dos excedentários entra em vigor quinta-feira
Os cerca de 500 funcionários públicos que estão em casa a receber uma parte do salário têm 60 dias para decidir se querem voltar a trabalhar.
Saiba tudo o que muda hoje nos tribunais
Simplificar e desformalizar os processos cíveis é o objectivo do Governo.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro