facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Governo aprova prestação social para pessoas com deficiência

O Governo aprovou, esta quinta-feira, a criação da Prestação Social para a Inclusão (PSI), cuja componente base de 264 euros será atribuída a todas as pessoas com deficiência ou incapacidade igual ou superior a 80%.

seguranca social

Noticia completa aqui.

in Jornal de Noticias | 10-08-2017

 

Também com interesse
Regra de duas saídas para uma entrada nunca foi cumprida
Relação anual entre as saídas definitivas e o novo recrutamento na Administração Pública foi, no máximo, de 1,6 saídas por uma entrada durante os anos da troika. Desde então, começ
Provedor de Justiça acusa fisco de discriminação nas deduções de IRS com educação
Provedor considera que o regime é discriminatório por aceitar apenas despesas feitas em estabelecimentos com classificação de Atividade Económica de Educação.
Tribunais: vítimas de coação sexual e mutilação genital deixam de pagar
Governo concorda com Bloco de Esquerda e alarga lista de crimes em que as vítimas estão isentas de pagar a custas processuais para além da violência doméstica, da violação e tráfico de seres huma
Estado reforça serviços de informação e cibersegurança
Ministério da Defesa deverá apresentar novidades sobre Conceito Estratégico de Defesa Nacional.
Governo levanta suspensão do acesso antecipado à pensão de velhice
O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o levantamento da suspensão do acesso antecipado à pensão de velhice, no âmbito do regime geral, e estabeleceu as condições que transitoriamente vão vigorar duramente o próximo ano.
Mais de 5700 milhões de euros nas mãos de cinco juízes
Tribunais administrativos e fiscais não conseguem responder a constante entrada de processos. Conselho superior diz que “estão a atingir o limite”.
Rendas condicionadas vão ficar mais altas do que o previsto
Diferença de valores pode chegar aos 200 euros. Ainda assim, alugar um imóvel no âmbito do Programa Reabilitar fica 20% a 30% mais barato.
Pandemónio nos tribunais por mau funcionamento do CITIUS, dizem os funcionários judiciais
O sindicalista salientou que a plataforma está bloqueada, não permitindo o acesso a 3,5 milhões de processos que migraram com a reforma do mapa judiciário, lembrando que o trabalho “vai duplicar para os já tão poucos” profissionais.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro