facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Clique e Receba os nossos Destaques no seu Email.

Subscreva a Newsletter e receba os nossos destaques no seu email.

Noticias

CMVM vai escrutinar contas de todas as empresas a cada 4 anos

CMVM vai alterar procedimentos da supervisão da informação financeira a partir de 2018. O objectivo passa por rever contas de 30% das cotadas a cada ano.

cmvm

Noticia completa aqui.

in Jornal de Negócios | 11-08-2017

 

Também com interesse
 Aprovadas novas regras no trabalho da função pública
"É um dos maiores simplex legislativos feitos até hoje em Portugal", afirmou o secretário de Estado da Administração Pública.
Participação de escritórios de advogados tem que ficar expressa nas leis
Todos os diplomas aprovados após consultoria jurídica externa terão de fazer referência a isso no preâmbulo. Deliberação aprovada em Dezembro não foi tornada pública
Menos crimes informáticos em 2016, mas mais burlas e extorsões online
A Guarda Nacional Republicana registou menos crimes informáticos em 2016, mas observou um aumento de outros crimes que utilizam a internet para burlar ou extorquir alguém, anunciou hoje a GNR.
Henriques Gaspar é o novo presidente do Supremo Tribunal de Justiça
O juiz conselheiro Henriques Gaspar foi eleito hoje presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) para um mandato de cinco anos, sucedendo no cargo a Noronha Nascimento.
Governo contra extinção do Balcão Nacional do Arrendamento
O secretário de Estado adjunto e do Ambiente, José Mendes, manifestou-se contra a proposta de extinção do Balcão Nacional do Arrendamento (BNA).
 Independentes têm esta semana para preencher anexo SS
Trabalhadores independentes têm até Domingo para entregar anexo através de declaração de substituição do IRS.
Regulação do poder paternal demora em média um ano
No ano passado, os tribunais portugueses demoraram em média 12 meses a decidir o futuro familiar das crianças.
 Aceder aos mails e vigiar facebook dos trabalhadores? É proibido
Recomendação do Conselho da Europa permite, a partir de agora, a qualquer trabalhador português invocar estas regras para se defender em tribunal.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro