facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Clique e Receba os nossos Destaques no seu Email.

Subscreva a Newsletter e receba os nossos destaques no seu email.

Noticias

Provedor investiga subidas excessivas do IMI

provedor justicaContribuintes queixam-se do aumento excessivo do IMI e da falta de rigor nas avaliações. Alfredo de Sousa averigua.

A preocupação dos contribuintes portugueses com a avaliação geral dos prédios urbanos, em curso, levou o Provedor de Justiça a determinar a realização de um inquérito para apurar as deficiências da reforma da tributação do património. Alfredo José de Sousa justifica com o aumento de queixas junto da Provedoria desde o início do ano passado. Aumento excessivo do valor patrimonial (VPT) dos imóveis e do imposto a pagar, "alegada falta de rigor" das avaliações e "custos exagerados" das segundas avaliações são as principais críticas apontadas pelos contribuintes nas queixas analisadas pela Provedoria.


"Em meados de 2012, eram já muitas as vozes que davam conta de diversos motivos de descontentamento com o processo de avaliação geral. Foi assim que entendi determinar a abertura de outro processo, destinado a conhecer o estado, a evolução e os resultados do processo de avaliação geral em curso", revelou ontem o Provedor de Justiça no Observatório da Fiscalidade Portuguesa subordinado ao tema da "Tributação do Património Imobiliário", promovido pelo Diário Económico, pela Associação Fiscal Portuguesa e pela da Ordem dos Técnicos de Contas (OTOC).

in Económico | 10-04-2013 | Lígia Simões

Também com interesse
Fim da mobilidade do Estado dá indemnização igual ao privado
Nova proposta do Governo prevê subsídio de desemprego para os funcionários públicos.
Coimbra: 85% dos julgamentos resultaram em condenação
No ano judicial 2014/2015, 85,1% dos julgamentos realizados na área da Procuradoria-Geral Distrital de Coimbra resultaram em condenação, disse o Ministério Público.
Só um quarto das empresas em Portugal paga IRC
Apenas 26% das empresas que entregam declaração paga imposto. Grandes empresas continuam a suportar a maior parte do IRC, mas com taxa mais baixa.
CEJ - Centro de Estudos Judiciários - Abertura de concurso
O Centro de Estudos Judiciários procedeu à abertura de concurso de ingresso em curso de formação inicial para o preenchimento de um total de 126 vagas, sendo 42 (quarenta e duas) na magistratura judicial e 84 (oi
Governo cria Julgado de Paz do Oeste
O Governo aprovou, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros a criação do Julgado de Paz do Oeste, para os cidadãos resolverem pequenos litígios judiciais sem recorrerem aos tribunais.
 ASAE: 90% das queixas não são investigáveis
O Inspetor-Geral da ASAE revela que das 120 mil queixas anuais à Autoridade, menos de 10% têm material suscetível de investigação. A «lista negra» de operadores poderá avançar em 2015.
Saiba como concorrer a cinco mil estágios
Estágios são dirigidos a jovens licenciados, mestres ou doutores, até 30 anos de idade. A remuneração ronda os 800 euros.
Aprovada reposição dos complementos de pensão no setor empresarial do Estado
O parlamento aprovou hoje sem votos contra, com o apoio de todas as forças de esquerda, uma resolução do PS recomendando ao Governo a reposição dos complementos de pensão de trabalhadores de empresas do set

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro