facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Imposto extraordinário para pensionistas não atinge viúvos nem deficientes das Forças Armadas

seguranca socialOrçamento para 2014 já tinha previsto um corte nas pensões de sobrevivência acima dos 2.000 euros. Para evitar um duplo corte, será agora incluída uma cláusula de salvaguarda.

O alargamento da contribuição extraordinária de solidariedade não vai abranger as pensões de sobrevivência nem as pensões dos deficientes das Forças Armadas.

A promessa já tinha sido feita pela maioria parlamentar PSD e CDS-PP que apoia o Governo, mas foi formalizada esta terça-feira com a entrega de propostas de alteração ao Orçamento Rectificativo.

Noticia completa aqui: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1&did=137965

in RRenascença | 04-02-2014 | Eunice Lourenço

Também com interesse
Há quase 400 portugueses presos por tráfico de droga no estrangeiro
A tentação de ganhar dinheiro a troco de ser correio de droga já custou a liberdade a centenas de portugueses além-fronteiras.
Ministra admite introduzir figura do Defensor Público
A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, disse hoje que Portugal tem discutir a introdução da figura do Defensor Público, existente em vários países de língua oficial portuguesa, modelo que diz não pretender substituir os advogados ofic
Recorde no malparado
As famílias e empresas continuam a ter dificuldades em pagar os empréstimos à Banca, e em fevereiro o crédito malparado voltou a subir. Os bancos têm agora em carteira mais de 16 mil milhões de euros de cobrança duvidosa.
Jurisprudência sobre tráfico de seres humanos está desadequada
No que diz respeito às exigências inerentes ao combate a este tipo de crime, Maria José Morgado defendeu a concentração da investigação no Ministério Público e o reforço da capacidade operacional e das competências específicas do SEF.
Quem quer ser diplomata? Há 30 vagas abertas
As candidaturas para o grau zero da carreira diplomática portuguesa – a categoria adido de embaixada – estão abertas durante 15 dias úteis.
Um em cada quatro portugueses está em risco de pobreza
Crianças e jovens, com menos de 18 anos, e seguidos dos idosos, com mais de 65 anos, são os mais vulneráveis.
Eurodeputados aprovam regras que penalizam crimes financeiros
O Parlamento Europeu aprovou hoje uma proposta legislativa da Comissão Europeia para penalizar o abuso de informação privilegiada ('insider dealing') e a manipulação de mercado, podendo as penas ir até aos quatro anos de prisão.
Novo director do DCIAP diz que corrupção causa 'gastos faraónicos'
O novo director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal Amadeu Guerra considera que a corrupção "compromete o desenvolvimento económico e causa prejuízos significativos ao Estado" por proporcionar "gastos faraónicos" em obras p

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro