facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Insolvências encerraram 612 empresas por mês até novembro

Insolvências abrandam mas as constituições de novas empresas também desaceleram. Estas são as principais conclusões de um estudo da Ignios sobre a conjuntura empresarial em Portugal.

insolvencia

Noticia completa aqui.

in Jornal Económico | 13-12-2016

 

Também com interesse
Pedidos de reforma da Função Pública caíram 20%
Aumento da idade legal exigida para a aposentação para os 65 anos colocou um travão na corrida às reformas dos funcionários públicos.
Devolvida autonomia ao Conselho da Magistratura para processar salários
O Ministério da Justiça (MJ), o Conselho Superior da Magistratura (CSM) e os Tribunais da Relação assinaram hoje uma adenda a um protocolo que devolve a autonomia ao CSM para realizar o processamento das remuneraç
Beneficiários da ADSE estão a descontar mais do que deviam
Auditoria do Tribunal de Contas conclui que em 2015 bastaria um desconto de 2,1%, em vez dos 3,5% exigidos, e que aumento “excessivo” beneficia as contas do Estado.
Menos 28 mil crimes registados em 2013
O número de crimes registados pelos vários órgãos de polícia criminal, em 2013, totalizou 376.336, menos 28.477 do que em 2012. A criminalidade violenta e grave desceu 9,5% nesse período, o que significa mesnos 2123 casos.
Funcionários do Estado admitidos após 2009 já podem ser despedidos
Os funcionários públicos que foram admitidos depois de 2009 não têm proteção contra o despedimento, caso, após a requalificação, não houver funções noutros serviços. Esta é a principal alteração ao diploma da requalificação, que ent
Governo vai hierarquizar empresas no acesso a estágios e apoios
O ministério do Trabalho está a preparar um “sistema de pontuação” com critérios que permitam hierarquizar as candidaturas das empresas, em “função do mérito absoluto e relat
Fisco encerra actividade a mais de 30 mil contribuintes
A acção tem como objectivo combater a fraude e evasão fiscais e envolveu a notificação de contribuintes que não entregavam declarações há mais de dois anos.
Pode vir aí secção exclusiva para crimes de violência doméstica
Joana Marques Vidal, Procura-geral da República, confirmou ao Diário de Notícias, que quer melhorar a atuação do Ministério Público no combate à violência doméstica e, por isso, quer a existência de magistrados exclusivamente dedicados à

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro