facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Parlamento aprova prioridades da política criminal até 2019

Cibercriminalidade, violência doméstica, roubos de caixas multibanco, criminalidade em ambiente escolar, violência no desporto e furto de oportunidade a turistas são algumas das prioridades do Governo.

justica

Noticia completa aqui.

in Público | 19-07-2017

 

Também com interesse
Cibercriminalidade crime mais investigado pela comarca de Lisboa em 2016
A cibercriminalidade e a violência doméstica foram os fenómenos criminais mais investigados em 2016 pelo Ministério Público (MP) da comarca de Lisboa, segundo o relatório anual hoje divulgado.
Parlamento Europeu aprova novas regras para pagamentos online
O Parlamento Europeu aprovou esta quinta-feira novas regras para garantir que os pagamentos online sejam mais seguros e inovadores, os custos associados ao processo reduzidos e que os utilizadores possam ter mais possibilidades de escolha.
Criadas perto de 20 mil “empresas na hora” em 2013
Depois de uma queda em 2012, o número de negócios constituídos nestes postos de atendimento deste programa voltou a aumentar. Total de sucursais “na hora” diminuiu.
Multas de trânsito já renderam 56,2 milhões ao Estado
O Estado cobrou 56,2 milhões de euros nos primeiros sete meses de 2015 em multas por violação ao Código da Estrada, informa o Diário Económico. Este montante equivale a 85,7% do objetivo fixado para 2015. No
Quem quer ser diplomata? Há 30 vagas abertas
As candidaturas para o grau zero da carreira diplomática portuguesa – a categoria adido de embaixada – estão abertas durante 15 dias úteis.
Fisco aperta cerco às retenções de IRS feitas pelas empresas
Através de um novo sistema de cruzamento de dados, a Administração Tributária (AT) vai apertar o cerco às retenções de IRS feitas pelas empresas aos seus trabalhadores. O objectivo, adianta o Diário Económico, é verificar se estão a ser fe
Conselho de Ministros aprova delegação de competências nos municípios
O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o regime de delegação de competências nos municípios e entidades intermunicipais, através de "contratos interadministrativos" nas áreas da educação, saúde, segurança social e cultura.
Deco cria código de conduta para plataformas digitais que gerem partilhas de bens
A Deco criou um "código de conduta" para as plataformas digitais que gerem partilhas de casas, de carros, entre outros bens de consumo colaborativo, para garantir "maior transparência" e responsabilidade na relação com os

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro