facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Parlamento aprova prioridades da política criminal até 2019

Cibercriminalidade, violência doméstica, roubos de caixas multibanco, criminalidade em ambiente escolar, violência no desporto e furto de oportunidade a turistas são algumas das prioridades do Governo.

justica

Noticia completa aqui.

in Público | 19-07-2017

 

Também com interesse
Eliminação de guias de transporte pouparia 20 mil milhões por ano
A caneta azul podia ir muito mais além dos cortes nas despesas sociais. A desburocratização pode poupar milhares.
 Descontos em cartão e mega-promoções com vigilância apertada
ASAE vai tomar as rédeas da fiscalização, de acordo com o novo diploma que deve entrar em vigor antes de 2014. Estão previstas multas avultadas.
Ministra da Justiça defende despenalização do uso de drogas leves
A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, afirmou no sábado, que concorda com a despenalização do uso de drogas leves, para que "não haja criminalidade altamente organizada e branqueamento de capitais".
Fisco está há três meses para iniciar cobrança de multas nos transportes
Novo sistema, que deveria ter arrancado a 1 de Janeiro com o objectivo de dissuadir a fraude, ainda não está implementado. Fisco pediu às empresas que guardem, por agora, os autos de infracção.
PAN quer impedir senhorios de proibirem animais de estimação
O partido considera que há uma discriminação de inquilinos com animais, que se veem "forçados a abdicar de um ser que consideram parte da sua família para conseguir assegurar um teto".
Fisco aperta cerco às contas dos bancos e grandes empresas
Bancos, seguradoras e empresas que paguem mais de 20 milhões de euros em impostos também serão acompanhadas pela Unidade de Grandes Contribuintes.
Mais queixas na TDT
Só este ano, a DECO já recebeu mais de 3.300 reclamações sobre a TDT. O número é muito superior ao verificado desde o início do processo – em Janeiro de 2011 – até ao final de 2012, momento em que a associação de defesa do consumidor ti
Já se encontra disponível no Portal das Finanças, a aplicação de “Compensações a Pedido”.
Já se encontra disponível no Portal das Finanças, a aplicação de “Compensações a Pedido”, que permite ao contribuinte, a seu pedido, aplicar créditos tributários, desde que assumam a forma de reembolso e/ou restituição, para o pagament

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro