facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Mais de 200 acidentes de trabalho mortais ou graves registados este ano

A Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT) registou este ano mais de 200 acidentes de trabalho mortais ou graves, metade do valor registado no total do ano passado, segundo dados oficiais.

trabalho

Noticia completa aqui.

in Expresso | 03-08-2017

 

Também com interesse
Critérios para despedir entram em vigor no dia 1 de junho
Avaliação de desempenho é o primeiro critério a ser observado pelas empresas na extinção de posto de trabalho.
Governo decreta caça à multa
O Governo decretou caça à multa. A "ordem política" foi ontem assumida pelo ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.
Nova organização judiciária põe em risco independência do sistema
A Associação Transparência e Integridade (TIAC) alertou hoje a Comissão Europeia e o Conselho da Europa para os riscos que a Lei de Organização do Sistema Judiciário (LOSJ) está a colocar à
Operadoras de telecomunicações lesaram clientes em 50 milhões de euros
As operadoras de telecomunicações terão cobrado pelo menos 50 milhões de euros de forma irregular aos seus clientes, escreve hoje o Diário de Notícias. Terá sido este o montante encaixado após a
Marcelo promulga lei das quotas de género
Marcelo Rebelo de Sousa promulgou esta quarta-feira a lei das quotas de género. A partir de 2018 as empresas serão obrigadas a ter 33,3% de mulheres nos quadros.
Jovens advogados queixam-se de concorrência desleal
José Costa Pinto denuncia o que diz ser “um grande ataque por parte de entidades que gravitam à volta das áreas de prestação de serviços jurídicos".
Edifícios das polícias vão ser guardados por seguranças privados
No total, os cinco contratos que o Ministério da Administração Interna vai celebrar vão custar aos cofres do Estado 3,3 milhões de euros.
Quer rejeitar duodécimos do subsídio de férias e de Natal? Avise até sexta-feira
O Governo voltou a estender as regras que determinam que metade dos subsídios de férias e de Natal sejam pagos ao longo dos doze meses do ano, no sector privado. Os trabalhadores do quadro que não queiram este regime, preferindo

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro