facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Justiça considera ilícito controlo de trabalhadora por toques de telemóvel

O Tribunal da Relação do Porto considerou ilícito o despedimento de uma trabalhadora de uma associação que não cumpriu uma ordem para dar "um toque" para o telemóvel do presidente da direção à entrada e à saída do trabalho.

tribunal

Noticia completa aqui.

in Jornal de Noticias | 17-08-2017

 

Também com interesse
Comissões de proteção de menores acompanharam mais de 72 mil crianças em 2016
As Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) acompanharam, em 2016, os casos de 72.177 crianças, quase 9.000 por presenciarem situações de violência doméstica, mais de 7.000 por ne
Quem quer ser diplomata? Há 30 vagas abertas
As candidaturas para o grau zero da carreira diplomática portuguesa – a categoria adido de embaixada – estão abertas durante 15 dias úteis.
Indemnizações por despedimento ilícito não vão ter cortes
Mota Soares terá argumentado que tal medida não era necessária à economia, que não teria impacto económico e que, do ponto de vista social, iria dar um sinal errado.
Alterações no CEJ reforçam avaliação de magistrados
A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, disse hoje que a proposta de lei que reformula o regime de funcionamento do Centro de Estudos Judiciários (CEJ) vai "introduzir critérios de maior rigor na avaliação de magistrados judiciais".
Videovigilância. Governo quer polícias a aceder a imagens em tempo real
Governo vai avançar com proposta que autoriza PSP e GNR a acederem a imagens de videovigilância em espaços privados de uso público em tempo real, alegando necessidade de prevenir crimes.
 Impulso fraco para atingir metas no emprego Jovem
Programa tem financiamento europeu até ao fim de 2013, mas vai continuar operacional durante mais dois anos. Desde Janeiro de 2012, apenas Irlanda e Lituânia registaram diminuição do desemprego jovem.
Taxa de Juro Comercial - 2.º Semestre de 2017
A Direção-Geral do Tesouro e Finanças já divulgou no seu site, aguardando a publicação do respectivo aviso em Diário da República, a taxa supletiva de juros moratórios comerciais para vig
Elina Fraga deixa Ordem
Naquele que foi o seu último discurso, Elina Fraga recordou “memórias de um passado recente”, de que diz orgulhar-se, por se ter “dedicado sem qualquer reserva aos advogados e à Justiça”, enfatizou.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro