facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Sistema informático pode não aguentar nova organização jurídica em Portugal

citius logoOs sindicatos que representam os trabalhadores do sistema judicial português voltaram a criticar o sistema informático da justiça nacional.

O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) e o Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ) alertaram o Ministério da Justiça para a incapacidade da rede informática do sistema judicial português em aguentar a transferência de processos proposta pelo governo em relação à nova organização jurídica.

Com a criação de 23 divisões judiciais de primeira instância vai ser necessária a transferência e a redistribuição de milhares de processos através da rede informática, que segundo o presidente do SFJ, Fernando Jorge, não tem capacidade para a tarefa que se avizinha. O líder do sindicato prevê que o sistema informático bloqueie caso a transferência de processos avance.

O presidente do SFJ denunciou ainda que a rede do sistema judicial apresenta problemas diários que precisam de ser corrigidos, segundo a agência Lusa. As reclamações foram apresentadas durante uma audiência na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais relativa à reorganização jurídica portuguesa.

Há algumas semanas os sindicatos também vieram a público criticar a atitude do Ministério da Justiça relativamente à forma como estavam a gerir a gestão do Citius/Habilus, o sistema informático da justiça portuguesa.

O MJ colocou a hipótese de concessionar a manutenção e desenvolvimento de ferramentas do sistema informático a empresas privadas, situação que levou à demissão de dez funcionários do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça.

in SAPO TEK

Também com interesse
Aprovada alteração ao regime jurídico que estabelece o procedimento de devolução aos consumidores dos valores pagos pelas cauções
Ontem, dia 5 de novembro, o Conselho de Ministros aprovou um diploma que altera o regime juridico que estabelece o procedimento de devolução aos consumidores dos valores pagos pelas cauções.
Lista negra de devedores sobe 84% e já passa os 43 mil casos
Listagens do Ministério da Justiça dispararam no último ano, fruto da crise. Este ano já entraram mais 31 mil processos de execução nos tribunais, num valor global de 756 milhões de euros.
Lei que acaba com cortes salariais dos excedentários entra em vigor quinta-feira
Os cerca de 500 funcionários públicos que estão em casa a receber uma parte do salário têm 60 dias para decidir se querem voltar a trabalhar.
Empresas de trabalho temporário contra novas regras aprovadas no Parlamento
A associação do sector, a APESPE, contesta o alargamento da responsabilidade das empresas que recorram a trabalho temporário quando os salários não sejam pagos. Gerentes também podem ser responsabilizados.
Dez queixas por dia por maus-tratos a animais
Um ano após a entrada em vigor da lei que criminalizou os maus-tratos e o abandono de animais de companhia, os números são elucidativos, com a GNR e a PSP a receberem cerca de 10 denúncias por dia, num total de 3604, entre
Finanças lançam cartão para facilitar pedido de factura com número de contribuinte
Contribuintes com acesso online ao portal das Finanças já podem consultar crédito fiscal a que têm direito.
Presidente do Tribunal Constitucional termina mandato marcado por
Joaquim Sousa Ribeiro termina hoje um mandato de nove anos como juiz do Tribunal Constitucional, quatro dos quais como presidente, que fica marcado pelos "chumbos" a medidas orçamentais durante os anos em que Portugal esteve sob resgate fina
Novo regime de insolvências e capitalização de empresas em vigor em julho
O primeiro-ministro anunciou hoje que em julho entrará em vigor um novo pacote legislativo para as empresas, incluindo um novo regime de insolvências e a adoção de mecanismos alternativos para financiamento no mercado de ca

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro