facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Prova para contratados obrigatória a partir de 2014

escolaCrato exige 14 valores na prova de acesso à profissão para os contratados, a partir de Janeiro de 2014.

Todos os professores contratados vão ter de passar a realizar uma prova de acesso à carreira, a partir de Janeiro de 2014. Além disso, só os professores com mais de 14 valores na prova são considerados como aptos e podem dar aulas.

Estas são duas das regras que vêm inscritas nos diplomas enviados pelo Ministério da Educação aos sindicatos, hoje ao final da tarde, e que vão ser alvo de negociação na próxima sexta-feira.  

Os professores com dez ou mais anos de serviço e que tenham uma nota inferior a 14 valores na prova "podem repeti-la uma única vez na edição seguinte" e "sem prejuízo da admissão" no concurso que se segue à data de realização da primeira prova. No caso dos professores com menos de dez anos de serviço e que não fiquem aptos para dar aulas, só poderão realizar a prova no ano seguinte.  

A futura prova de Avaliação de Conhecimentos, Capacidades e Competências vai ter uma "componente específica, relacionada directamente com o nível de ensino e área disciplinar ou grupo de recrutamento do candidato, e uma componente comum", explicou o ministério em comunicado. A duração do teste, que vai ser desenhado pelo IAVE, será de 120 minutos com data a fixar através de um despacho da tutela.     

Recorde-se que a implementação da prova de acesso à carreira foi uma das primeiras medidas anunciadas por Nuno Crato quando assumiu o cargo de ministro e que está "prevista desde 2007 na legislação em vigor", refere o Ministério da Educação.

in Económico | 23-07-2013 | Ana Petronilho

Também com interesse
Novo mapa judiciário permite poupança de 1,1 milhões de euros
A ministra da Justiça nunca quis falar em poupanças com o novo mapa judiciário, mas a proposta de Orçamento do Estado para 2015 sublinha esse valor: 1,1 milhões de euros.
Novo sistema de faturas 'caçou' 200 mil empresas
Pedir ou não pedir fatura continua a ser uma das principais dúvidas dos portugueses no ato do pagamento, contudo, o número de recibos com identificação fiscal apresentado em 2014 alcançou os 4,8 mil milhões e permitiu à Autoridade Tributária
Dívidas fiscais atingem valor recorde desde chegada da troika
Aquando da entrada da troika em Portugal, o Governo criou uma equipa de sete juízes responsáveis por resolver os processos fiscais acima de um milhão de euros que se arrastavam nos tribunais. Estes têm conseguido resolver grande parte desses proc
Três juízes afastados dos tribunais em 40 processos instaurados em 2012
Três juízes foram afastados da função em 2012. Esta é a mais grave, e menos frequente, pena aplicada pelo Conselho Superior da Magistratura, que já em 2011 decidiu expulsar igual número de magistrados.
Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução da taxa contributiva a cargo da entidade empregadora
Foi aprovada em Conselho de Ministros a Medida Excecional de Apoio ao Emprego, através da redução da taxa contributiva a cargo da entidade empregadora, em 0,75 pontos percentuais.
Factura única portuária arranca em Sines ainda este mês
A medida de simplificação administração para os navios será implementada em todos os portos nacionais este ano. Já para a dinamização da marinha mercante o Governo admite regimes fiscais mais
Há cadeias no país com o dobro da população prisional que deviam ter
As cinco cadeias mais sobrelotadas do país são as regionais de Viseu e Aveiro (mais de 200%), Setúbal e as centrais de Caxias e Porto.
Tribunal da Propriedade Intelectual tem mais um juiz, para evitar entupimento
Operacional desde abril de 2012, o Tribunal da Propriedade Intelectual (TPI) cedo entrou em entupimento devido à afluência de processos. Para escoar os casos, o Ministério da Justiça acaba de criar um segundo juízo para o TPI.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro