facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Novas regras de contratualização entre Segurança Social e IPSS entram em vigor

seguranca socialAs novas regras e critérios de contratualização entre o Instituto de Segurança Social (ISS) e as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) foram publicadas esta quinta-feira em Diário da República e entram em vigor já esta sexta-feira. A portaria do Ministério da Solidariedade, Emprego e Solidariedade Social define "os critérios, regras e formas em que assenta o modelo específico de cooperação entre o ISS e as IPSS ou legalmente equiparadas".

Noticia completa aqui.

in Público | 02-07-2015

 

Consulte o Diploma aqui: Portaria n.º 196-A/2015, de 1 de julho

Também com interesse
Nova bastonária quer convencer Governo a não encerrar tribunais
Em declarações à agência Lusa, Elina Fraga entende que afastar os cidadãos da Justiça não é próprio de um Estado de Direito.
Parlamento recebeu 144 petições em apenas nove meses
Deputados discutem amanhã mais oito textos de cidadãos. Há cada vez mais pedidos "de interesse geral" a chegarem à AR.
Regime de proteção de devedores de crédito à habitação aprovado
A Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, a primeira alteração ao regime extraordinário de proteção de devedores de crédito à habitação, que alarga as condições de acesso a mais famílias.
Portugal tem sistema eletrónico com dados da mortalidade em tempo real
Portugal tem a partir desta quinta-feira um sistema eletrónico com os dados da mortalidade em tempo real, que pode ser consultado pelos cidadãos e também permite às autoridades uma intervenção mais rápida quando é necessário atuar.
Quase metade dos portugueses dependem da Segurança Social
Quase metade dos portugueses (4,8 milhões) depende da Segurança Social para viver, um número acima da população empregada (4,5 milhões). São sobretudo pensionistas, a que se somam os desempregados.
Estado aumentou ajustes directos em 10%
Entre organismos do Estado central, autarquias e empresas públicas, ajustes directos significaram despesa superior a 1,9 mil milhões de euros.
PR promulgou taxa de 50 cêntimos no preço de água
A taxa é justificada como uma medida para compensar os maiores custos de distribuição de água do interior do país.
 Bancos estão a falhar intervenção ao incumprimento
Registam-se em Portugal cada vez mais casos de incumprimentos, conta o Diário Económico. E o PARI, plano para a intervenção em casos de incumprimentos, parece não estar a funcionar da forma que deveria.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro