facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Horário de professores da Madeira reduzido às 35 horas

escolaAno lectivo na região autónoma começa com menos horas semanais para o pessoal docente e com a suspensão da avaliação externa do desempenho, medidas que já são aplicadas no continente.

Noticia completa aqui.

in Público | 07-09-2015

Também com interesse
 PJ e PGR recebem mais alertas de branqueamento de capitais
Novas regras para bancos detetarem transações suspeitas arrancaram em 2014. Caso Sócrates foi um dos que nasceu destas comunicações. No entanto, apenas 2% dos alertas acabam em processo-crime.
Crime económico desvia 50 mil milhões por ano
É um número que peca por defeito. E muito. Mas os investigadores do Observatório de Economia e Gestão de Fraude (Obegef), da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, calculam que o crime económico tenha um
Adoção homossexual aprovada. 19 deputados do PSD votaram a favor
Adoção de crianças por casais gay foi aprovada com votos de toda a esquerda. Direita dividiu-se: 19 deputados votaram a favor. No aborto e adoção, Paula Teixeira da Cruz esteve ao lado da esquerda.
Dívidas até 500 euros aumentaram 54%
O número de dívidas comprovadas através do Balcão Nacional de Injunções (BNI) aumentou em 2014, para 206 980 (últimos dados facultados pelo Ministério da Justiça), face ao ano anterior (1
Diplomas publicados em Diário da República vão ser anunciados previamente
O Governo vai passar a anunciar antecipadamente em que dia publica em Diário da República os atos legislativos aprovados pela Assembleia da República ou em Conselho de Ministros e promulgados pelo Presidente da República.
Lei Eleitoral da Assembleia da República adaptada ao novo mapa judiciário
Lei eleitoral em vigor continuava a remeter determinadas competências para tribunais e juízes de círculo que já não existem na nova orgânica judiciária.
Empresas obrigadas a divulgar centros de arbitragem a partir de hoje
As empresas que fornecem bens ou prestam serviços em Portugal estão obrigadas a partir de hoje a informar os consumidores sobre os centros de arbitragem a que podem recorrer para resolver conflitos, ou arriscam multas até 25 mi
Insultar funcionários do Fisco vai dar pena de prisão
Os contribuintes que insultarem ou agredirem em 2015 funcionários do Fisco vão arriscar-se a pena de prisão ou multas, com estatuto igual às de agentes da PSP ou da Polícia Judiciária, segundo a proposta de Orçamento do Estado.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro