facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Pensões de sobrevivência com atrasos de 14 meses

O PCP garante que há pessoas que esperam há 14 meses pela atribuição de uma pensão de sobrevivência. A denúncia é feita numa pergunta enviada a meio de julho ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que fala de "atrasos inaceitáveis no pagamento de prestações de emergência que visam garantir a sobrevivência dos utentes que as requerem".

seguranca social 2

Noticia completa aqui.

in TSF | 28-07-2017

 

Também com interesse
Trabalhadores excedentários do Estado não vão sofrer cortes salariais
A notícia foi avançada pelo jornal Público e confirmada pela TSF. A FESAP diz esperar pela próxima negociação para ter garantias absolutas sobre a ausência de cortes.
Novo Código dos Contratos Públicos reduz prazos previstos
O Governo aprovou, esta quinta-feira, o novo Código dos Contratos Públicos, com a introdução de medidas de aumento de transparência e de simplificação que significam, em alguns casos, uma reduç&a
Ministra desconfia de apoios judiciários em processos de inventário
Paula Teixeira Cruz acha estranho que em mais de 1/3 dos processos de inventário feitos por notários se tenha recorrido a apoio judiciário. Se há bens, há recursos, afirma.
 Inquilinos podem ter mais tempo para responder à subida das rendas
O CDS promete complicar a apresentação de propostas do PSD à lei das rendas. Parlamento volta hoje a discutir a nova lei do arrendamento.
Tribunais começam a fazer transferência electrónica de 3,5 milhões de processos
As mudanças devem-se ao novo mapa judicial. Em agosto, será feita a transferência de dois milhões de processos em papel.
Pensões no Estado reduzidas para 80% do último salário a partir de 2014
As pensões dos trabalhadores do Estado vão ser reduzidas para 80% do último salário, contra o limite em vigor que é de 90%.
Violência doméstica: Vítimas de alto risco devem ser ouvidas em 2 dias
A Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) recomendou hoje que as vítimas de violência doméstica sejam ouvidas pelo Ministério Público "num curto espaço de tempo" após o crime, sendo de 48 horas
Revalidar carta caducada exige exame em carro alugado a escola
Alteração ao regulamento, no ano passado, obriga quem tem licença caducada há mais de dois anos a alugar veículo a escola de condução.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro