facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Pensões de sobrevivência com atrasos de 14 meses

O PCP garante que há pessoas que esperam há 14 meses pela atribuição de uma pensão de sobrevivência. A denúncia é feita numa pergunta enviada a meio de julho ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que fala de "atrasos inaceitáveis no pagamento de prestações de emergência que visam garantir a sobrevivência dos utentes que as requerem".

seguranca social 2

Noticia completa aqui.

in TSF | 28-07-2017

 

Também com interesse
Violência doméstica mantém 149 arguidos com pulseira electrónica
Um total de 149 arguidos por violência doméstica estavam sujeitos a vigilância com pulseira eletrónica a 30 de junho deste ano, segundo dados da Direção-Geral da Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).
Fisco não vai a tribunal para poder cobrar portagens
Fisco volta a garantir que não pode representar concessionárias na justiça. Cidadãos que protestem irão lidar diretamente com empresas que cobram portagens.
Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Agentes da Polícia de Segurança Pública
Foi publicado hoje, dia 13 de abril de 2017, o aviso de abertura de Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Agentes da Polícia de Segurança Pública.
Senhorios têm até 3.ª feira para entregar declaração anual de rendas
Os proprietários de imóveis arrendados que não emitam periodicamente recibos de renda através do Portal das Finanças terão de entregar a declaração anual às finanças até ter
Cada vez há mais empresas com rastreio de álcool
Protecção de Dados já autorizou controlos em 140 organizações este ano. Umas estão a arrancar programas, outras a legalizar procedimentos.
Ordem denuncia
Procuradores do Ministério Público escolhem de forma recorrente os mesmos profissionais para defender os mais carenciados, sem "obedecer" à nomeação oficiosa de forma alternada definida pela Ordem dos Advogados.
Ministra da Justiça nega ter usado dirigentes públicos com fins eleitorais
A ministra da Justiça negou hoje, no parlamento, que tenha utilizado dirigentes públicos para verificar se o programa do PS continha medidas aplicadas por este governo.
O que muda na Função Pública com o novo horário e regime de qualificação
Novo sistema pretende reforçar as competências dos trabalhadores. Mas diploma permite despedimentos com 12 meses de inactividade.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro