facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Mexidas na lista dos paraísos fiscais passam a precisar de parecer do Fisco

Marcelo Rebelo de Sousa aprovou o diploma apresentado pelo PCP em reação à decisão do Governo de retirar o Uruguai e os territórios britânicos de Jersey e da Ilha de Man da lista negra do Fisco.

fisco

Noticia completa aqui.

in TSF | 14-08-2017

 

Também com interesse
Fisco investiga rendimentos de milhares de advogados e médicos
A maioria dos profissionais liberais são advogados e médicos. Contribuintes com rendimentos e património elevados também estão a ser acompanhados pelo comité de cumprimento fiscal.
MP pode alterar responsabilidades parentais em casos de violência doméstica
O Ministério Público vai poder requerer, no prazo máximo de 48 horas, a regulação ou alteração das responsabilidades parentais quando um dos pais tenha sido condenado em situações de viol
Indemnizações a clientes nas 'maõs' dos reguladores
Os clientes de retalho do antigo Banco Espírito Santo, que investiram entre 500 e 700 milhões de euros na Rioforte e na Espírito Santo International, poderão ver a sua situação resolvida até ao final do ano. O Diário Económico avança esta q
Nacionalidade portuguesa concedida aos primeiros descendentes de judeus sefarditas
Pedidos de cidadania aumentaram muito desde a aprovação de um novo diploma em Fevereiro. Em Junho tinham entrado 40 pedidos no Ministério da Justiça. Até esta semana, eram 250.
Violência na comunidade escolar aumentou 59%
A violência na comunidade escolar aumentou 59 por cento no primeiro trimestre deste ano, na área da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), ao registar 77 inquéritos, mais 29 do que em igual período de 2012.
Violência doméstica entre os pais atingiu quase 5.500 crianças em Portugal
Segundo o relatório da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, o números de menores expostos à violência doméstica entre os pais aumentou, assim como os casos de bullying.
 Fecho de repartições e tribunais ameaça dezenas de municípios
Governo tem sido criticado por ainda não ter revelado que serviços de finanças vão fechar.
 Tribunais estão organizados para servir os privilégios de quem lá trabalha
O bastonário da ordem dos advogados de Portugal afirmou hoje que os tribunais em Portugal e na Europa "não servem os cidadãos e protegem alguns grupos instalados".

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro