facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Bombeiros voluntários que prestem serviço no verão isentos de IRS

bombeirosOs bombeiros voluntários que combatam incêndios  florestais no período de férias e descanso ficam, a partir de hoje, isentos  do pagamento de IRS sobre as compensações e subsídios que recebam, depois  de ter sido publicado em Diário de república.

Segundo o diploma, o IRS não incide sobre as compensações e subsídios,  referentes à actividade voluntária, postos à disposição dos bombeiros pela  Autoridade Nacional de Protecção Civil e pagos pelas respectivas entidades  detentoras de corpos de bombeiros, no âmbito do dispositivo especial de  combate a incêndios florestais e nos termos do respectivo enquadramento  legal. 

No dia 22 de maio, o secretário de Estado da Administração Interna disse  que isentar de IRS os bombeiros voluntários que durante o período de férias  e descanso façam parte do dispositivo de combate a incêndios florestais  resolve uma questão que durava há 22 anos. "Esta matéria está por resolver há 22 anos", disse então Filipe Lobo  DAvila, ao apresentar no Parlamento a proposta de lei do Governo que isentava  de IRS os bombeiros voluntários que prestem serviço durante o período de  férias e descanso no combate aos incêndios florestais no verão. 

Para o secretário de Estado, o diploma vai "clarificar as dúvidas que  têm existido nos últimos anos" e "reconhece o papel insubstituível dos bombeiros  voluntários".  

Na altura, a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) considerou o diploma  "justo" e "vitória" para os bombeiros portugueses.

in Sic Noticias | 27-07-2013

Também com interesse
Fraudes nas caixas registadoras multadas em 3000 euros ou mais
As multas mínimas a aplicar às empresas que cometam fraude nos sistemas de faturação (no software e respetivas caixas registadoras) vão quadruplicar de 750 para 3000 euros. O máximo mantém-se em 37 500 euros.
Assinados 90 protocolos para espaços do cidadão em 41 municípios
O Governo e 41 municípios já assinaram 90 protocolos para espaços do cidadão, que concentram serviços públicos nos concelhos, revelou hoje no parlamento o ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional.
Reforma do mapa judiciário
Os operadores judiciários teceram esta quarta-feira, em Coimbra, várias críticas ao novo mapa judiciário, com a Ordem dos Advogados (OA) a considerar que a reforma operada há um ano pelo Governo não cumpriu n
 Professores têm 15 dias úteis para pedir compensações
Os professores com colocação nas escolas anulada, devido aos erros na Bolsa de Contratação de Escola no início do ano letivo, têm 15 dias úteis, a partir de quarta-feira, 19 de novembro, para requerer compensações financeiras.
Estacionar em lugar reservado a deficientes passa a contraordenação grave e tira dois pontos à carta
A partir de sábado quem estacionar em lugar reservado a veículos de pessoas com deficiência incorre numa contraordenação grave, segundo uma lei hoje publicada em Diário da República.
Parlamento aprova projeto do PS sobre regime do nadador-salvador
O parlamento aprovou hoje, na generalidade, um projeto de lei do PS que altera o regime jurídico aplicável a nadadores-salvadores para permitir substituí-los por técnicos de natação em piscinas pública
Estado. 90% dos chefes são finalistas no concurso para a própria sucessão
O presidente da Cresap, João Bilhim, admite que a percentagem de candidatos externos ao Estado, apenas de 20%, deveria ser maior.
Bolseiros que prestem falsas declarações perdem direito a bolsa
A prestação de declarações falsas por parte dos bolseiros ou dos orientadores científicos passam a ser punidas, segundo as alterações ao Estatuto do Bolseiro de Investigação hoje publicadas em Diário da República.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro