facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

GNR levanta mais de quatro mil contra-ordenações em dois dias

radar transitoNo âmbito da operação “Hermes - Viajar em Segurança”, que terminou à meia-noite de quinta-feira.

A GNR levantou mais de quatro mil contraordenações, das quais 250 muito graves, durante os dois dias da operação “Hermes - Viajar em Segurança”, que terminou na quinta-feira à meia-noite, indicou a corporação.

Segundo avançou à Lusa fonte da GNR, foram fiscalizados 12.725 condutores, tendo sido elaboradas 4.037 contraordenações, das quais 250 muitos graves e 1.541 graves.

Esta foi a terceira fase da "operação Hermes", que visa controlar os condutores nos períodos em que normalmente há regressos e idas de férias, como é o caso do final de Julho e início de Agosto.

A operação envolveu mais de 2.800 militares, que fizeram quase setenta mil controlos de veículos nas estradas de todo o país.

Nestas acções, os militares da GNR testaram 9.562 condutores para verificar os níveis de álcool no sangue, tendo verificado excessos em 169 e detido 54.

A maior parte dos registos foi, no entanto, provocada por excesso de velocidade, tendo sido contabilizados quase 1.300 condutores em velocidade exagerada.

Além disso, foram verificados 258 casos de falta de cinto de segurança ou cadeiras de crianças, além de 178 veículos sem inspeção, 156 condutores a usar o telemóvel e 106 sem seguro.

Mais de 30 dos condutores controlados não tinha carta de condução em dia, enquanto 32 veículos estavam com carga a mais e 16 com carga mal condicionada.

A operação “Hermes -Viajar em Segurança”, que se realiza entre 28 de Junho e 1 de Setembro, em cinco fases, compreende ainda mais duas fases, que vão decorrer a 14 e 15 de Agosto e de 30 de Agosto a 1 de Setembro.

in Público | 02-08-2013

Também com interesse
Fisco cancelou benefícios de IRS e IRC a 21 mil contribuintes
Estão a ser retirados cada vez mais benefícios fiscais a contribuintes com dívidas ao Fisco e à Segurança Social. Em 2012 os números dispararam.
Ano novo, regras novas no código da estrada
Taxa de alcoolemia para os condutores profissionais desce para 0,2, há novas regras de circulação nas rotundas e uma alteração das normas para transporte de crianças.
 Maioria chumba audições parlamentares sobre o programa Citius
PSD e CDS-PP chumbaram hoje o pedido do PCP para um conjunto de audições sobre o programa Citius por considerá-las «extemporâneas», mas prometeram viabilizar todas as iniciativas após o apuramento das responsabilidades dos problemas daquela pl
Criadas novas categorias de crimes
Furto de animais, furto de combustível e até furto de máquinas agrícolas. Estes são três dos oito crimes que vão passar a ser contabilizados de forma autónoma pelas forças de segurança e divulgados já no próximo relatório de segurança i
Oficial: Salário mínimo sobe para 505 euros
Os parceiros sociais e o Governo já chegaram a acordo para a subida do salário mínimo para 505 euros a partir de Outubro, confirmou o SOL  junto de fontes do Executivo. Para minimizar os impactos nas empresas e assim obter o aval das entidade
Sociedades querem alteração da lei das associações profissionais
A Associação das Sociedades de Advogados de Portugal (ASAP) reivindicou hoje a alteração urgente da lei das associações profissionais, para que se permita a constituição das sociedades de advoca
Promulgados diplomas sobre cartão do cidadão e chave móvel digital
O Presidente da República promulgou diplomas do Parlamento relativos ao cartão do cidadão e à chave móvel digital, que estabelece um sistema alternativo e voluntário de autenticação dos cidad&at
Independência dos tribunais não deve ser apreciada pelo TC
A Procuradora Geral da República explicou que entendeu não submeter à fiscalização do TC a matéria referente à independência dos tribunais.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro