facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Apanhados no labirinto da Segurança Social

seguranca socialLuísa foi intimada a pagar uma dívida que não devia. O subsídio de desemprego de Maria ficou perdido entre processos, à espera de uma funcionária com atestado. Respostas erradas ou contraditórias marcam relação de muitos portugueses com a Segurança Social.

Noticia completa aqui: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=157169

in RRenascença | 29-07-2014 | Ricardo Rodrigues

Também com interesse
Erro das Finanças impede contribuintes de pagarem multas de IUC
Um erro do Fisco está a impedir milhares de contribuintes de pagarem coimas de Imposto Único de Circulação ou mesmo fazê-los pagar multas de outros contribuintes.
Fiadores gozam de novos benefícios no crédito à habitação
Foram publicadas, esta terça-feira, novas regras de proteção aos mutuários do crédito à habitação. A partir de agora os fiadores estão mais protegidos, pois podem beneficiar das medidas previstas no regime extraordinário caso sejam chamados
Juízes que trabalham para o currículo têm mais promoções
Para alcançar a promoção a juiz-desembargador não importa se é avaliado com "muito bom". Isto porque quem tem atividades fora dos tribunais acaba por passar à frente, avança o Jornal de Notícias
Autorizada a pesca de
A pesca de carapau com tamanho inferior ao mínimo de referência para os pescadores de arte-xávega foi autorizada pelo Governo, com a publicação, esta quinta-feira, em Diário da República de uma portaria
Número de crianças e jovens em acolhimento baixou 33% nos últimos 10 anos
O número de crianças e jovens em casas de acolhimento baixou 33% nos últimos dez anos, passando de 12.245 em 2006 para 8175 no ano passado, revela um relatório do Instituto da Segurança Social divulgado esta sexta-f
 Depositantes chamados a participar mais cedo nos resgates
Há novidades na união bancária - Europa está com pressa para o “bail in” das instituições em dificuldades.
Novas formas de pagar. Negligências podem custar até 150 euros
A maior parte das modalidades de pagamento são consideradas seguras mas a lei continua desactualizada.
Fisco chama milhares de gestores a pagar dívidas das empresas
IRC e IVA são os principais impostos em dívida. Gestores arriscam penhora de salários, prémios de gestão, contas bancárias e produtos financeiros.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro