facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Estado vai gastar 4,6 milhões de euros até 2017 para processar multas de trânsito

carrosA Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) vai gastar 4,6 milhões de euros nos próximos três anos num contrato externo para gerir o processamento de multas, segundo um diploma publicado esta terça-feira em Diário da República. A entidade trabalha com menos funcionários do que deveria ter e desde sempre recorreu a terceiros para tarefas do seu dia-a-dia.

Noticia completa aqui.

in Público | 02-09-2014 | Ricardo Garcia

Também com interesse
Fisco começa terça-feira a multar por violação das regras de transporte
Período transitório termina esta terça-feira. Multas por incumprimento poderão chegar aos 3.750 euros.
Quase 500 falsos advogados investigados em dois anos
Nos últimos dois anos foram quase 500 os casos de falsos advogados investigados pelos Conselhos Distritais da Ordem dos Advogados, avança esta segunda-feira o Diário de Notícias (DN).
Alterações ao Código Penal para a Estratégia do Idoso em discussão no parlamento
Quem abandonar um idoso num hospital ou se aproveitar das suas limitações mentais para aceder aos bens poderá incorrer numa pena de prisão até 2 anos, se o projeto de lei do PSD/CDS-PP for aprovado.
Senhorios, está a terminar o prazo para declararem as rendas
Senhorios devem declarar as rendas obtidas durante 2015 até ao próximo domingo, dia 31 de janeiro. Declaração pode ser entregue até dia 1 de fevereiro.
Dívidas levam à penhora de pensões de mais de 196 mil idosos
Durante o ano passado foram penhoradas mais pensões do que no ano anterior. Valor cobrado somou mais de 44 milhões de euros.
Diário da República vem hoje pintado de azul
No dia em que publica os diplomas aprovados no Conselho de Ministros presidido por Cavaco Silva, o Diário da República é impresso em papel azul. E é essa também a cor das páginas da primeira série na
Deco recebe 80 pedidos de ajuda por dia de famílias em dificuldades
O Gabinete de Apoio ao Sobreendividado (GAS) da Deco recebeu mais de 29 mil pedidos de ajuda, em 2015. Dos pedidos de acesso ao Regime Extraordinário, todos foram rejeitados pelos bancos.
Consultores fiscais vão ser sujeitos a regras mais apertadas
Bruxelas quer apertar a margem de manobra de consultores, contabilistas, bancos ou advogados quando prestam serviços de planeamento fiscal para ajudar os respectivos clientes a pagar menos impostos.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro