facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Clique e Receba os nossos Destaques no seu Email.

Subscreva a Newsletter e receba os nossos destaques no seu email.

Noticias

Sistema dos tribunais ‘crashou’

citius logoO sistema informático dos tribunais, o Citius, atingiu o limite e estão a ser dadas orientações para que não seja utilizado, enquanto os serviços técnicos do Ministério da Justiça procedem a “actualizações não compatíveis com a  sua manutenção em funcionamento”. Não se sabe quanto tempo a paragem vai durar.

Noticia completa aqui.

in SOL | 05-09-2014 | Ana Paula Azevedo

Também com interesse
Governo quer menos penas curtas e mais pulseiras eletrónicas
A secretária de Estado Adjunta da Justiça defendeu hoje que a promoção do trabalho a favor da comunidade, diminuindo a aplicação penas curtas de cadeia, e uma maior utilização das pulseiras elet
Recorde no malparado
As famílias e empresas continuam a ter dificuldades em pagar os empréstimos à Banca, e em fevereiro o crédito malparado voltou a subir. Os bancos têm agora em carteira mais de 16 mil milhões de euros de cobrança duvidosa.
Bancos limitados a comissão única por crédito em atraso
Bancos e outras instituições de crédito só poderão cobrar uma comissão única de 4% por cada prestação em atraso, num mínimo de 12 euros e máximo de 150 euros, a partir de Setembro, segundo decreto-lei hoje publicado.
Fisco chama milhares de gestores a pagar dívidas das empresas
IRC e IVA são os principais impostos em dívida. Gestores arriscam penhora de salários, prémios de gestão, contas bancárias e produtos financeiros.
Pagar a horas passa a ser critério para atribuir prémio de excelência a empresas
No próximo ano, as regras para ter o estatuto PME Excelência, atribuído pelo IAPMEI, incluem pagar aos fornecedores dentro do período acordado.
Ministra admite negociar penas mas rejeita delação premiada
Francisca Van Dunem admite discutir alargamento de acordos a crimes graves, mas avisa que nesta legislatura não haverá qualquer alteração à lei e afasta modelo brasileiro.
IRC vai baixar para 21%
A descida da taxa do IRC prevista na reforma deste imposto vai ser cumprida no Orçamento de Estado para 2015, passando de 23% para 21%.
 Crianças adoptadas vão ter direito a conhecer as suas origens
A família adoptante terá de dar a sua autorização. O limite mínimo para o menor saber as suas origens está por definir.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro