facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Salário mínimo: Contratos de aquisição de serviços já podem pedir atualização

A partir de amanhã, as empresas com contratos de aquisição de serviços com o Estado têm 30 dias para pedirem para ser ressarcidas dos custos que tiveram com a atualização do salário mínimo.

dinheiro 2

Noticia completa aqui.

in Jornal Económico | 20-07-2017

 

Consulte a portaria aqui: Portaria n.º 216/2017, de 20 de julho

 

Também com interesse
Reforçados os incentivos fiscais aos investimentos das empresas
Novo Código Fiscal do Investimento alarga benefícios para os investimentos feitos nas regiões com menor poder de compra.
Empresas podem usar certificados de segurança para espiar utilizadores
Algumas empresas podem utilizar os certificados de segurança que dão por razões legítimas para espiar os utilizadores.
PR veta adoção por casais do mesmo sexo e alterações à lei do aborto
O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, não promulgou o diploma que permitia a adoção por casais do mesmo sexo, tendo igualmente devolvido à Assembleia da República as alteraçõe
CMVM coloca em consulta pública as novas regras de auditoria
A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) revelou hoje o seu Projeto de Regulamento relativo a Auditoria, que vai introduzir o regime de supervisão desta atividade e cuja consulta pública decorre até 14 de
O que muda nas pensões do Estado
Conheça as novas regras da Lei da Convergência.
Drones com novas restrições (e multas) a partir de 2017
Documento publicado em Diário da República limita voos de drones até 120 metros, durante o dia, e longe dos aeroportos. Novo regulamento entra em vigor em 2017 e multas podem chegar a 250 mil euros.
Pedidos de asilo aumentaram 20% em 2013
Os pedidos de asilo nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) aumentaram 20% em 2013, enquanto a migração de carácter permanente estabilizou, segundo um relatório divulgado hoje.
Perdão fiscal. Regime só compensa para dívidas superiores a 2500 euros
Para valores mais baixos, o fisco já aceita pagamentos a prestações e dispensa todo o trabalho burocrático de aprovação.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro