facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

IRS: Partilha de deduções de filhos em guarda partilhada será mais abrangente

Os deputados aprovaram hoje as alterações ao Código do IRS que alargam as situações de partilha das deduções das despesas dos filhos em regime de guarda partilhada, que até aqui só eram permitidas aos divorciados judicialmente.

irs 2

Noticia completa aqui.

in Sapo 24 | 19-07-2017

 

Com interesse: Código do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares - Lei n.º 82-E/2014, de 31 de dezembro

 

Também com interesse
Queixas contra serviços de saúde públicos aumentaram em 2013
Entidade Reguladora da Saúde recebeu 22 reclamações por dia, no ano passado. A qualidade da assistência de cuidados de saúde e as dificuldades de acesso são os principais motivos de queixa.
Governo e Banco de Portugal mudam lei para travar prescrições
Ministério da Justiça confirma intenção, mas lembra que tal só funcionará para casos futuros.
“Sexo aos 50 já não é importante”. Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condena Portugal por discriminação sexual
O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou Portugal por discriminação sexual, por ter baixado a indemnização a uma mulher vítima de negligência médica numa cirurgia ginecológica.
Advogados alertam para
A Ordem dos Advogados nos Açores anunciou hoje que vai comunicar ao Presidente da República a situação de "caos" no Tribunal Administrativo e Fiscal de Ponta Delgada, face à "ausência de respostas" para "o problema da falta de juízes".
Ações em tribunal já são 1,7 milhões
Está a aumentar o número de processos pendentes nos tribunais judiciais de primeira instância.
Só 15% dos condenados estão na base de dados de perfis de ADN
Base recebeu a primeira amostra de um perfil de ADN há sete anos e tem 8398 amostras. Mais de 6000 são de condenados, mas a expectativa era de que o sistema nesta altura tivesse 42 mil amostras.
Menos de 10 crianças beneficiaram do apadrinhamento civil em 2013
O apadrinhamento civil assume-se como uma solução para os casos de menores ou jovens com menos de 18 anos que não possam ser adoptados.
Pedro Pimenta Braz, inspector-geral do Trabalho desde Janeiro, considera que os salários em atraso são uma "originalidade portuguesa" que se arrastam há 20 anos e, por isso, deviam ser criminalizados.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro