facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Meio de pagamento de pensões: o que vai mudar?

A Segurança Social quer simplificar o pagamento de pensões. Quem receba pensões por vários meios terá 60 dias para dizer o que preferem. Se não responderem, o pagamento será feito por transferência bancária, sempre que esta já seja a forma de pagamento de uma das pensões.

seguranca social 2

Noticia completa aqui.

in Jornal de Negócios | 02-08-2017

 

Também com interesse
Lei contraditória impede organismos de alterar remunerações
Serviços têm 30 dias para dar toda a informação sobre salários e outros suplementos remuneratórios.
DECO preocupada com proposta para alterar regime de compras online
A DECO considera um enorme passo atrás nos direitos dos consumidores a proposta da Comissão Europeia para alterar as garantias de quem faz compras online.
Só um quarto das empresas em Portugal paga IRC
Apenas 26% das empresas que entregam declaração paga imposto. Grandes empresas continuam a suportar a maior parte do IRC, mas com taxa mais baixa.
Supremo apreciou 124 pedidos de habeas corpus e concedeu seis
O Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que hoje vai analisar o pedido de libertação imediata de José Sócrates apreciou o ano passado 124 pedidos de "habeas corpus", tendo concedido seis, segundo fonte deste tribunal s
Menos funcionários públicos, mas mais nos gabinetes do Governo
Os dados divulgados na segunda-feira pertencem à Síntese Estatística do Emprego Público.
Governo acaba com discriminações das refeições escolares no IRS
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais compromete-se a pôr fim à confusão que este ano se gerou no IRS por causa das despesas de educação, segundo o Diário de Notícias.
Governo cria conselho superior para coordenar segurança no ciberespaço
Conselho terá representantes do Centro Nacional de Cibersegurança, Polícia Judiciária, Ministério da Defesa, Ministério da Educação, Ministério da Ciência, entre outras entidades.
Taxas máximas nos contratos de crédito voltam a mudar
Pelo segundo trimestre consecutivo, o Banco de Portugal anunciou uma alteração nos custos máximos que podem ser cobrados pelos acordos de financiamento.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro