facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Recibos verdes 'convidados' pela Segurança Social a regularizar dívidas no âmbito do 'perdão fiscal'

recibos verdesOs trabalhadores a recibos verdes já começaram a receber cartas da Segurança Social com vista à regularização de dívidas, de carácter excepcional, até 20 de Dezembro, de acordo com a informação disponível na página dos "Precários Inflexíveis".

"Há trabalhadores a recibos verdes a receber missivas da Segurança Social que incluem ameaças de pena de prisão em caso de incumprimento. O pretexto é a comunicação do regime excepcional de regularização de dívidas, recentemente anunciado pelo Governo", segundo a informação disponibilizada pelo movimento "Precários Inflexíveis", na internet.

Os contribuintes que a partir de hoje, e até 20 de Dezembro regularizarem dívidas ao Fisco e à Segurança Social podem beneficiar de uma redução de 10% das coimas e ficar isentos de juros.

O regime excepcional de regularização de dívidas, publicado na quinta-feira em Diário da República, aplica-se apenas a dívidas com prazo legal de cobrança até 31 de Agosto e que tenham sido declaradas pelos contribuintes, ou pelos seus representantes, antes do ato do pagamento, "ainda que desconhecidas da administração fiscal e da segurança social", lê-se no diploma.

O pagamento da dívida, no todo ou em parte, determina a dispensa dos juros de mora, dos juros compensatórios e das custas do processo de execução fiscal.

Quando a dívida não for paga na totalidade, mantém-se em andamento os processos de execução fiscal relativamente à parte ainda em dívida.

De acordo com a informação disponível na página da Segurança Social, "o regime excepcional de regularização de dívidas à Administração Fiscal e à Segurança Social permitirá o reequilíbrio financeiro dos devedores, evitando situações de insolvência, no caso das empresas, e o acumular de situações com potencial para agravar condições sociais especialmente frágeis, no caso dos cidadãos".

"Mesmo admitindo que esta redacção está a ser enviada a todos os contribuintes devedores, não é admissível que quem trabalha a recibos verdes seja notificado da mesma forma que uma empresa que, ao não pagar as contribuições, cativou ilegalmente quotizações de trabalhadores", considera o movimento que representa os trabalhadores precários.

Lamenta igualmente que "se utilize um regime excepcional de regularização para ameaçar, mesmo que de forma calculadamente ambígua, quem já está em situação de dificuldade".

A partir de Janeiro, são agravadas as penas para os contribuintes com dívidas ao Fisco e à Segurança Social, que deixam de poder beneficiar da dispensa de pena que existe actualmente para os crimes de fraude fiscal, abuso de confiança e burla.

in SOL | 01-11-2013

Também com interesse
Primeiro trimestre de 2016 com quebra de 5 % na criminalidade
A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, revelou hoje que se registou, no primeiro trimestre do ano, uma quebra de cerca de 5% na criminalidade geral e de quase 10% na criminalidade violenta.
Aprovada carreira especial de técnico superior de diagnóstico e terapêutica
O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o regime da carreira especial de técnico superior de diagnóstico e terapêutica, assim como os respectivos requisitos de habilitação profissional.
Quase 34 mil estrangeiros pediram a nacionalidade portuguesa em 2015
Ao todo foram formulados 33.901 pedidos de atribuição e aquisição da nacionalidade portuguesa em 2015. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras emitiu 31.451 pareceres positivos.
Unidos de facto vão poder decidir nas conservatórias quem fica com o filho
O PS apresentou esta semana na Assembleia da República um projecto de lei que visa alargar a agilização das responsabilidades parentais a pais não casados, como já acontece com os pais casados divorciados por m&ua
Penhora leva um terço do salário
Novo Código de Processo Civil mexe nas ações executivas, trava sucessivos adiamentos dos julgamentos e penaliza atrasos e manobras dilatórias.
Credores vão ter conhecimento prévio de bens penhoráveis dos devedores
O Conselho de Ministros aprovou um diploma que permite os credores terem conhecimento prévio da existência ou não de bens penhoráveis dos respetivos devedores, viabilizando decisões mais informadas quanto à instauração de ações executivas p
Atos de racismo vão levar a multas até 8400 euros e a indemnizações
Indivíduos e empresas podem ser multados por práticas discriminatórias. Valores de coimas estarão indexados ao IAS, para atualização permanente. Previstas indemnizações por danos patrimoniais e
 Aceder aos mails e vigiar facebook dos trabalhadores? É proibido
Recomendação do Conselho da Europa permite, a partir de agora, a qualquer trabalhador português invocar estas regras para se defender em tribunal.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro