facebookrssyoutubetwitter

INFOJUS

LEGISLAÇÃO

ÚTIL

Noticias

Ministério Público reforça poderes e ganha acesso ao Fisco e contas bancárias

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) do Ministério Público (MP) vai ter "acesso direto" a informação financeira, fiscal, administrativa, judicial e policial para investigar preventivamente suspeitas de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.

justica

Noticia completa aqui.

in Jornal de Noticias | 19-08-2017

 

Consulte a lei em causa aqui: Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto

 

Também com interesse
Certidões eletrónicas judiciais podem ser pedidas a partir de sexta-feira
A emissão e consulta de certidões eletrónicas no âmbito de processos dos tribunais judiciais, administrativos e fiscais e dos processos da competência do Ministério Público entram na sexta-feira em funci
 Justiça já limpou 200 mil acções de cobrança de dívidas
Tendência da subida dos atrasos inverteu-se em Outubro de 2012.
Mais de 40 mil inquéritos chegaram à comarca de Lisboa no 1.º semestre
O Ministério Público (MP) da comarca de Lisboa iniciou 40.866 inquéritos criminais no primeiro semestre de 2016, menos 13 por cento do que no mesmo período de 2015, segundo um documento hoje publicado.
Crowdfunding em Portugal espera luz verde da CMVM
Regras gerais do financiamento aberto estão definidas, mas o regulador tem ainda de definir alguns pormenores. Entidade liderada por Carlos Tavares será responsável pela supervisão do sistema.
Novos rótulos digitais em vigor em Dezembro
Consumidores vão poder aceder online a pelo menos 12 informações diferentes sobre os produtos que compram.
Mulheres violadas obrigadas a pagar custas judiciais
Regime de isenção de pagamento só existe para casos de violência doméstica.
Apreendidos 798 mil euros, 36 quilos de droga e armas nas fronteiras
A Guarda Nacional Republicana apreendeu 708 mil euros em dinheiro, 36 quilos de droga e dezenas de armas nos quatro dias em que as fronteiras foram controladas pelas autoridades, no âmbito da visita do Papa Francisco a Portugal.
Banca. Crédito malparado na habitação atinje novo máximo histórico
Em Janeiro, o valor dos empréstimos à habitação incobráveis subiu para 2428 milhões de euros.

collex debates discursos lexpoint vida economicaupt parceiro